fbpx

As máquinas e a saúde do trabalhador – Por Rafaela Goedert

 

Com o surgimento das novas tecnologias, as grandes máquinas substituíram várias funções humanas, mas será mesmo que reduziu o risco à saúde do trabalhador?

A robotização passou sim a facilitar a intensificação do trabalhador em vários aspectos, sendo uma aliada à instabilidade no emprego, menores índices de adoecimento e sofrimento dos trabalhadores, como o estresse, a fadiga física e mental.

Ainda sim, com todos esses avanços, estudos mostram que é essencial para uma empresa aplicar métodos ergonômicos. A Fisioterapia do Trabalho visa aumentar o bem-estar do trabalhador, assim ela contribui no desenvolvimento da empresa como um todo, gerando o aumento da produtividade, diminui a possibilidade de acidentes no trabalho, como as lesões ocorridas por movimentos repetitivos, menor número de faltas e com assistência médica.

Por isso, o fisioterapeuta opera no conjunto de exercícios físicos, como a ginástica laboral, e respiratórios, na orientação postural, elaboração de laudos ergonômicos, exames admissionais, periódicos e demissionais.

O objetivo é manter a funcionalidade e o bem-estar, bem como, evitar ou retardar complicações dos trabalhadores.

 

                         

 

Colunista 

Rafaela Goedert

Fisioterapia – 5ª fase 

Imagens: Internet

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Olá, como podemos te ajudar?